Óleo de Cártamo para Emagrecer

Categoria Dietas, Suplementos

O óleo de cártamo tem conquistado cada vez mais consumidores devido aos benefícios que ele oferece. A planta que dá origem ao óleo, o cártamo, é uma espécie originária do Oriente Médio, e hoje em dia é cultivada nos Estados Unidos e em toda a Europa. Por ter uma raiz profunda, o cártamo pode sobreviver em climas secos, e suas flores podem variar entre amarelas e alaranjadas, e já foram muito utilizadas no preparo de corantes para tecidos e cosméticos.

Atualmente, as flores do cártamo são utilizadas em diversos pratos como especiaria, já que se assemelham ao açafrão. A maior parte do cultivo desta planta se dá devido ao fato do óleo que pode ser extraído de suas sementes, já que ele é fonte de gorduras insaturadas, que fazem bem à nossa . O óleo de cártamo ganhou bastante popularidade nos últimos anos graças aos grandes benefícios que ele oferece, o que faz dele um ótimo suplemento alimentar.

cártamo

Propriedades do Óleo de Cártamo

O óleo de cártamo se apresenta em dois tipos: o óleo monoinsaturado e o óleo poli-insaturado. O óleo de cártamo monoinsaturado é uma rica fonte de ácido oleico, chamado também de Ômega 9. O Ômega 9 é um ácido graxo que apresenta somente uma insaturação, e é capaz de resistir às altas temperaturas sem que seus valores nutricionais sejam perdidos em tal condição, o que faz dele um óleo indicado para o preparo de frituras e pratos quentes.

Podendo substituir outros óleos utilizados na culinária como o óleo de oliva, o óleo de soja e o óleo de girassol, a vantagem do óleo de cártamo é que ele é mais saudável do que a maioria dos óleos de cozinha, que muitas vezes não resistem às temperaturas altas. Outra vantagem do óleo de cártamo é que ele não apresenta quase odor, sabor ou cor, características tidas como vantajosas, já que a sua neutralidade pode ser um ponto positivo no preparo de diversos alimentos.

óleo-de-cártamo-emagrece

O óleo de cártamo poli-insaturado, por sua vez, é fonte de ácido linoleico, ou Ômega 6. Este ácido graxo poli-insaturado é mais sensível do que o Ômega 9, uma característica que impossibilita que ele seja aquecido sem oxidar ou tornar-se rançoso. O óleo de cártamo poli-insaturado deve ser mantido preferencialmente na geladeira e não deve ser exposto à luz. Este tipo é o mais popular dos dois óleos de cártamo, e geralmente é comercializado como um nutricional.  A principal importância deste tipo de óleo é o fato de nosso organismo não ser capaz de produzir Ômega 6, o que nos leva a precisar obtê-lo através de fontes alimentares, já que ele é fundamental para o bom funcionamento do nosso organismo.

Diversos estudos apontam que a ingestão diária de uma dose de óleo de cártamo é capaz de combater a inflamação, além de contribuir para a redução da gordura corporal e do colesterol ruim, para a saúde do coração e para a obtenção de massa magra. Por apresentar apenas gorduras em sua composição, o óleo de cártamo possui em uma quantidade elevada. Uma porção de 12 gramas de óleo de cártamo contém aproximadamente 108 calorias, fato que deve ser levado em consideração na hora de consumi-lo. Quando comparado aos alimentos que são ricos em nutrientes como proteínas e , o óleo de cártamo é um alimento bastante calórico. Além de ser um poderoso antioxidante e ser uma rica fonte de vitamina E, o óleo de cártamo é procurado por muitas pessoas por supostamente contribuir para a . Mas, afinal, o uso do óleo de cártamo para emagrecer é realmente eficaz?

Óleo de Cártamo para Emagrecer

Até o momento, nenhum estudo foi capaz de apontar que o consumo de óleo de cártamo para emagrecer seja verdadeiramente eficaz, apesar de muitos dos seus benefícios serem benéficos para a saúde. Por ser fonte de ácidos graxos insaturados, o óleo de cártamo é capaz de contribuir para o aceleramento do metabolismo. Isto é possível devido ao fato dos ácido graxos insaturadores estimularem a queima da gordura corporal.

emagrecer

O consumo de gorduras, ao contrário do que muitos pensam, é fundamental para o . Entretanto, devemos consumir alimentos que são fontes das chamadas gorduras boas. Quando privamos o nosso corpo de gorduras, nosso metabolismo torna-se mais lento, um fator que prejudica a . Deste modo, o uso do óleo de cártamo para emagrecer pode ser um aliado, já que a substituição de outros óleos de cozinha pelo óleo de cártamo é capaz de contribuir para que o metabolismo funcione de maneira mais rápida, possibilitando assim que o processo de perda de peso torne-se mais fácil.

O fato do óleo de cártamo ser fonte de Ômega 6 também é importante para aqueles que estão brigando com a balança, já que suas propriedades são capazes de baixar os nossos níveis de colesterol. As gorduras poli-insaturadas ainda contribuem para a redução da resistência à insulina, que se relaciona diretamente à gordura abdominal. Outros benefícios garantidos pelo consumo do óleo de cártamo em relação à perda de peso é o fato deste suplemento contribuir para o aumento dos níveis de serotonina no nosso organismo, que estão diretamente relacionados ao humor. Com o aumento do humor, a ansiedade diminui e o bem-estar aumenta, fatores estes que levam à redução do apetite e, consequentemente, a uma menor ingestão calórica. A suplementação à base do óleo de cártamo ainda aumentam os níveis séricos de adiponectina. Este hormônio é secretado pelo nosso tecido adiposo e participa do processo do catabolismo dos ácidos graxos e da regulação da glicemia, e seus níveis no sangue se relacionam diretamente às baixas porcentagens de gorduras do corpo e à perda de peso.

cápsulas-de-cártamo

Quando ganhamos peso geralmente significa que estamos aumentando os nossos níveis de gordura abdominal. A gordura abdominal, ou gordura visceral, aloja-se ao redor dos órgãos, e é extremamente perigosa. Pessoas que apresentam níveis elevados de gordura abdominal podem entrar em estados inflamatórios crônicos e tornarem-se resistentes à insulina. A síndrome metabólica ainda pode causar doenças no coração, enfarto e até mesmo câncer. Segundo um estudo realizado pela Universidade de Ohio em 2009, a suplementação à base de óleo de cártamo realizado por mulheres que passaram da menopausa e que sofrem de diabetes tipo 2 tiveram seus níveis de gordura abdominal reduzidos, além de terem ganhado massa magra.

Comentários

comentários