Tabela Nutricional da Cebola

Categoria Sem categoria

História da Cebola

Devido às cebolas serem pequenas e seus tecidos deixarem poucos ou nenhum vestígio, hão há nenhum parecer conclusivo a respeito da localização exata nem do momento do seu surgimento. Muitos botânicos, historiadores de alimentos e arqueólogos acreditam que a cebola tem suas origens na Ásia Central. Outra pesquisa sugere que a cebola foi cultivada pela primeira vez onde hoje é o Irã e o Paquistão Ocidental.

É presumido que nossos antepassados descobriram e começaram a consumir as cebolas selvagens há muito tempo, antes mesmo da invenção da escrita e da agricultura. Portanto, é bastante provável que o vegetal fazia parte da pré-histórica. Grande parte dos pesquisadores acredita que a cebola tenha sido cultivada há pelo menos 5.000 anos. Desde que as cebolas selvagens cresceram em diversas regiões, provavelmente elas foram consumidas por milhares de ano, e simultaneamente em diversas regiões do globo. O vegetal pode ser um dos primeiros cultivados, pois ele é menos perecível que outros alimentos da sua época, além de ser facilmente transportado e ter um crescimento fácil, podendo ser cultivado em vários tipos de solos e climas. Apesar do local da origem da cebola ser um mistério, documentos antigos apontam que a cebola é um alimento importante para o ser humano há muito tempo, sendo inclusive utilizada na arte, na medicina e na mumificação.

As cebolas cresciam em jardins chineses desde há pelo menos 5.000 anos, sendo referenciadas em diversos escritos antigos da Índia. No Egito, evidências apontam a presença do vegetal desde pelo menos o ano 3.500 aC. Também há evidências que indicam que os sumérios consumiam cebola desde o ano 2500 aC, segundo um texto datado daquela época.
No Antigo Egito, as cebolas eram utilizadas como objetos decorativos, e simbolizavam a eternidade, motivo pelo qual os egípcios enterravam os faraós com cebolas. Isto pode ser explicado devido ao fato da anatomia do vegetal apresentar uma estrutura circular. Pinturas de cebolas podem ser encontradas nas paredes internas das pirâmides e também nos túmulos, muitas vezes retratando sacerdotes egípcios segurando cebolas.

cebola2

A cebola também tinha seu consumo recomendado na Grécia Antiga, inclusive para usos medicinais. Os gregos utilizavam as cebolas com a intensão de fortalecer os atletas. Antes das competições dos Jogos Olímpicos os atletas consumiam cebolas – incluindo seu suco – além de esfregarem o vegetal em seus corpos. Os romanos, por sua vez, consumiam cebola regularmente, levando-a para suas províncias onde hoje se localizam a Alemanha e Inglaterra.

Durante a Idade Média da Europa, os principais vegetais utilizados na cozinha eram o repolho, o feijão e a cebola. O alimento era consumido tanto por pobre como por ricos, sendo indicadas para tratar picadas de cobras, dores de cabeça e até mesmo queda de cabelo. O vegetal ainda era usado como pagamento e até mesmo presente de casamento.
Os índios norte-americanos consumiam cebolas selvagens, que cresciam por toda a América do Norte, tanto cruas como cozidas, bem como tempero. Elas ainda eram utilizadas na fabricação de xaropes e corantes, e até mesmo como brinquedos.

A cebola é o ingrediente utilizado para tempero mais popular do mundo, e é também uma das três hortaliças mais importantes, juntamente com a batata e o tomate. Além de reverenciada, a cebola está envolta em tabus. Os padres, por exemplo, eram proibídos de comê-la.

Ainda hoje, os brâmanes (da casta sacerdotal da Índia) e e seguidores ou jinismo (uma das religiões mais antigas da Índia), não podem comer cebola.
A cebola chegou à América com Cristóvão Colombo, sendo levada para o Haiti em sua segunda viagem para o país. No Brasil, a cebola é uma das três hortaliças mais produzidas, e chegou aqui através dos primeiros colonizadores.

Benefícios e Curiosidades da Cebola

Melhora a circulação

Devido ao fato de apresentar quercetina em grandes quantidades em sua composição, a cebola beneficia a circulação sanguínea. O seu teor de silício ainda contribuir para a prevenção de trombose e do envelhecimento das artérias e veias. A cebola ainda ajuda a reduzir o colesterol no sangue, aumentando a capacidade do organismo na dissolução dos coágulos internos, prevenindo assim a trombose coronária.

Previne a anemia

Outra propriedade presente na cebola é a de antianêmica, uma vez que ela é fonte de ferro, fósforo e vitamina E. Portanto, ela contribui para que o organismo reponha o sangue e regenere os glóbulos vermelhos.

Ajuda a combater o resfriado

Por ser uma rica fonte de vitaminas A e C, a cebola é indicada para aqueles que buscam o alívio dos sintomas provenientes de problemas respiratórios. O alimento ainda possui óleos essenciais, graças ao alto teor de enxofre, o que lhe confere a capacidade de reduzir os sintomas de doenças como resfriado, bronquite e constipações.

Cebola ajuda a aliviar a gripe

As vitaminas A e C, amplamente encontradas na cebola, a tornam um importante e poderoso aliado no combate a problemas respiratórios, como os resfriados.

Cebola ajuda a controlar a hipertensão

O potássio, também presente na cebola, influencia positivamente a nossa , e ele é a causa da cebola ser um alimento capaz de contribuir para a eliminação do excesso de líquidos, além de diminuir os riscos de hipertensão, gota e cálculos renais.

Cebola tem propriedades depurativas e diuréticas

O baixo teor de sódio e a presença do potássio fazem da cebola um alimento que ajuda a evitar a retenção dos líquidos, contribuindo para a liberação das toxinas do nosso organismo. Ela também traz benefícios para a próstata e os rins.

Cebola é depurativa e diurética

A cebola beneficia a saúde dos os rins e da próstata.

Cebola previne doenças do sistema nervoso

Seu alto teor em potássio e vitamina B, potássio, elementos extremamente fundamentais para a transmissão e geração do impulso nervoso, e o magnésio, que contribui para o funcionamento do sistema nervoso e muscular, são ideais para a saúde.

Cebola ajuda no emagrecimento e controle do peso

A cebola é um bom alimento para ser incluído em nossa dieta, tanto para o como também para a manutenção da saúde.
Devido à sua grande quantidade de fibras e seu baixo valor calórico , a cebola é perfeita numa dieta de emagrecimento, pois contribui para a melhora do trânsito intestinal, além de eliminar as toxinas e ajudar a evitar a retenção de líquidos. Além disso, a cebola também aumenta a sensação de saciedade.

Cebola é boa para mulheres grávidas e crianças

A cebola é ideal para gestantes e crianças devido ao seu alto teor de folatos, que contribuem para o crescimento e o desenvolvimento do feto durante as primeiras semanas de gravidez.
Cebola é um alimento antioxidante. O alto teor de vitaminas A e C, flavonoides, enxofre antocianina e quercetina garantem à cebola o seu poder antioxidante.

Cebola combate a asma e inflamações

A cebola também é um alimento antiasmático e anti-inflamatório. Isso se deve ao fato dela ser rica em componentes à base de enxofre.

Cebola é antisséptica

Quando aplicada externamente, a cebola atua como um antisséptico natural, diminuindo as inflamações renais.

cebola3

Variedades da Cebola

Existem cebolas amareladas, brancas e roxas, e nenhum destes tipos deve ter cheiro de um sabor mais suave. Já as amarelas são as mais utilizadas no Brasil e bem menos ardidas do que as brancas, comumente utilizadas na indústria e vendidas em conserva ou desidratadas. Procure comprar as cebolas que têm bulbos firmes e casca seca. Entre duas cebolas de mesmo tamanho, dê preferência às mais pesadas. Evite aqueles com áreas amolecidas, feridas ou mofadas. A melhor época para comprar o vegetal vai de agosto a fevereiro.

Como Conservar a Cebola

Armazene de preferência fora da geladeira, em um local escuro, fresco, seco, escuro e bastante ventilado. Geralmente as cebolas roxas duram mais tempo do que as cebolas brancas e amarelas.
É possível manter a cebola picada na geladeira por um prazo de até 24 horas,desde que guardada em um recipiente tampado.
Idéias para Servir

Para diminuir a ardência nos olhos, causada pela alicina, descasque e pique a cebola sob água corrente. Deixar a cebola na geladeira por alguns minutos também ajuda a reduzir a ardência.
Cebolas assadas são ótimos acompanhamentos de churrasco e adquirem um tom caramelizado e um sabor adocicado, já que o processo transforma as proteínas e os açúcares. Anéis de cebola feitos com cerveja também são uma boa opção de prato. A popular e saborosa sopa de cebola é saudável e contém poucas .

Tabela Nutricional da Cebola

tabela-nutricional-cebola

 

Comentários

comentários