Termogênicos no Emagrecimento

Categoria Suplementos

A busca pelo emagrecimento muitas vezes acaba levando as pessoas a procurar tratamentos e produtos que facilitem a perda de gordura. De uns tempos para cá, uma alternativa passou a ter muitas atenções voltadas para ela. Estamos falando dos alimentos e suplementos termogênicos, mas será que eles realmente funcionam, ou são apenas especulação gerada pela ânsia de grande parte da população pela forma física mais esbelta e por uma vida mais saudável? Neste artigos nós falaremos qual é a relevância dos termogênicos no emagrecimento, se eles realmente oferecem benefícios e, caso a resposta seja sim, quais são eles.

Termogênicos no Emagrecimento

Para que a seja alcançada, é preciso que o consumo de seja menor do que a quantidade de calorias gastas, ou seja, a gente deve ingerir quantidades menores delas e fazer uso de meios que possibilitem a queima das mesmas. Neste sentido, o uso de termogênicos contribui para que o consumo de calorias aconteça de forma mais rápida.

Os termogênicos são conhecidos pelo poder de aceleramento do metabolismo que eles exercem, possibilitando assim que as calorias sejam consumidas de maneira mais rápida, contribuindo para a diminuição da gordura corporal. Entretanto, devemos sempre estar atentos ao fato de que os alimentos e suplementos termogênicos são auxiliadores, e não a causa final. De nada adianta fazermos uso deles se não controlarmos o que comemos e não praticarmos atividades físicas de maneira regular. Muitas vezes uma deve ser seguida, a fim de que as necessidades individuais de cada um sejam supridas, já que o metabolismo, os hábitos e o estilo de vida mudam de pessoa para pessoa.

O Consumo de Termogênico Emagrece?

Quando consumidos, os termogênicos aceleram o metabolismo, ajudando o organismo a consumir energia de uma maneira mais rápida do que a convencional. Ao ingerirmos estas substâncias, o nosso corpo consome mais energia, mesmo que a gente realize as mesmas atividades físicas que habitualmente nós fazemos sem consumi-los. O aumento do consumo calórico acontece devido ao processo de termogênese, que pode ser explicado como o aumento da temperatura corporal. Portanto, os termogênicos no emagrecimento têm o seu consumo recomendado.

Além da perda de gordura e consequentemente o emagrecimento, outro benefício é garantido pelo consumo dos termogênicos: muitas vezes, ao querermos emagrecer, acabamos perdendo massa muscular, ou seja, músculos. Neste quesito os termogênicos também demonstram ser ótimas opções, já que eles garantem que a gordura seja consumida sem que a quantidade corporal de massa magra se reduza.

Benefícios dos Termogênicos

Geralmente as fórmulas dos termogênicos contém substâncias como a Sinefrina, a Cafeína, o HLC e o Yohimbe. O consumo de termogênicos também garante outros benefícios para a , tais como a redução de apetite, o favorecimento do metabolismo, mais energia e disposição para a realização dos treinamentos físicos e também contribuição para a definição da massa muscular.

O consumo de termogênicos é indicado para ser feito dentro de um intervalo de 15 a 60 minutos antes de se praticar atividades físicas. Entretanto, cada marca de suplementos termogênicos tem a sua sugestão para o uso do produto. As três principais marcas são:

Lipo 6

O fabricante sugere a ingestão de três cápsulas, três vezes ao dia, ingeridas com as principais refeições e com líquidos. Cada porção oferece 120mg de cafeína. É importante que você não aumente a dose sem passar pela orientação de um profissional da área, pois o produto pode desencadear diversos efeitos colaterais, como náusea, tonturas, irritação e taquicardia.

Therma Pro

Este é feito à base de extrato de guaraná e é rico em cafeína. O fabricante sugere o consumo de duas cápsulas 30 minutos antes do treino. Caso você não possua o hábito diário de treinamento, é recomendado o consumo de duas cápsulas da marca 15 minutos antes do café da manhã. A ingestão das cápsulas não é indicada no período de cinco horas antes de dormir.

Oxylin Pro Arnold

A fórmula do Oxylin Pro Arnold contribui para a redução do apetite, aumentando a sensação de saciedade e satisfazendo a fome de maneira mais rápida, além de melhorar o bem estar e o humor. A sugestão do fabricante é do consumo de uma cápsula, que equivale à 300 mg de cafeína, durante o dia, ou conforme a orientação do especialista em nutrição ou médico.

termogenico

Possíveis Efeitos Colaterais

Quaisquer produtos, por mais naturais que eles sejam, podem apresentar efeitos colaterais ao consumidor, e por isso este deve se atentar às recomendações e cuidados. Os possíveis efeitos colaterais causados pelos suplementos termogênicos são similares aos efeitos dos estimulantes, e quanto maior a quantidade ingerida, maiores são as consequências dos efeitos colaterais. Os mais comuns são insônia, enjoo, dor de cabeça, arritmia cardíaca, agitação, aumento da pressão arterial e falta de concentração.

Indivíduos que sofrem de diabetes, problemas cardíacos e dificuldades para dormir, dentre outros, não devem consumir substâncias termogênicas. O recomendado é que a pessoa busque a orientação de um profissional da área e realize os exames necessários antes de iniciar o consumo. Os exames possibilitam que se saiba se os termogênicos são a melhor opção para o indivíduo que quer eliminar gordura e .

Ciência e Termogênicos

A ingestão de chá verde, segundo uma revisão de literatura que a Revista Brasileira de publicou, é capaz de aumentar em até 4% a mais o gasto de energia, quando comparada à ingestão de cafeína em seu estado puro, como em forma de cápsulas. O mesmo estudo também mostrou que o consumo de chá verde reduz o uso de e eleva o consumo de lipídeos como forma do corpo utilizar a energia. Este melhor desempenho é creditado à presença das catequinas, as substâncias responsáveis pelo sabor amargo do chá, que supostamente atuam em conjunto com a cafeína.

Ainda segundo um estudo de caso realizado por Liberali, uma mulher com 40 anos de idade, 63 kg e adepta do Power Jump 3 vezes por semana consumiu 3 mg/kg de cafeína ao longo de 30 dias, uma hora antes dos . Os resultados constataram uma redução do peso corporal de 63,1 kg para 62,1 kg, além da redução da circunferência abdominal de 85 cm para 84 cm. A mulher também relatou um aumento da disposição durante as atividades físicas, mas apresentou insônia como efeito colateral.

Deste modo, foi possível constatar que os efeitos ergogênicos da cafeína são reais, o que faz da cafeína um termogênico bastante eficiente, apesar de ser menos eficaz nos de curta duração e alta intensidade. O melhor efeito foi observado em dosagens entre 3 a 6 mg/kg.

 

Comentários

comentários