Emagrecimento saudável

Você tem problemas para perder peso e não sabe como conseguir um emagrecimento saudável e com sucesso? Ou talvez você quer emagrecer de uma forma mais rápida? Este artigo visa trazer à luz algumas informações a respeito do emagrecimento.

A triste realidade é que aquela convencional ideia de comer menos e correr mais não funciona a longo prazo e já está ultrapassada. Contar calorias de tudo que se come, fazer exercícios por horas todos os dias e tentar ignorar a fome não é a melhor opção para todos que querem emagrecer? Isso é sofrimento desnecessário e desperdiça seu tempo, além de reduzir a sua força de vontade. Além disso, essa fórmula é fácil de fazer com que a maioria acabe desistindo do emagrecimento, tamanha é a dificuldade, e este é um dos principais motivos do nível de obesidade no Brasil estar cada vez maior.

Felizmente há uma maneira de se obter o emagrecimento saudável, e de uma maneira não tão sofrível. O grande segredo é que o seu peso é regulado hormonalmente e, portanto, tudo o que é necessário é reduzir o seu hormônio de armazenamento de gordura, a insulina, para que você possa perder o excesso de peso sem grandes dificuldades.

A seguir, aprenda a como emagrecer do jeito certo!

Como emagrecer com saúde

Dicas para um Emagrecimento Saudável

Escolha uma dieta pobre em carboidratosse você quer perder peso, deve começar pela boca. Evitar alimentos com açúcar e amido (como o pão) é o primeiro passo para quem quer saber como emagrecer. Apesar de parecer nova, a ideia de evitar o açúcar e o amido surgiu há cerca 150 anos ou mais, quando houve um infinito número de dietas para a perda de peso baseadas na redução do consumo dos carboidratos. O que é novo é que os diversos estudos científicos modernos vêm provando que sim, evitar o consumo de carboidratos é a maneira mais eficaz para quem quer um emagrecimento mais fácil.

Obviamente, ainda é possível perder peso em qualquer dieta, desde que você consuma menos calorias do que você queima, correto? O  grande problema deste simples conselho é que ele ignora o principal obstáculo de quem quer emagrecer : a fome. A maioria das pessoas não gosta muito da ideia de comer menos, ou seja, ficar com fome grande parte do dia. Além disso, mais cedo ou mais tarde, uma pessoa normal vai desistir e comer, motivo pelo qual a maior parte das dietas faz com que o peso perdido seja recuperado com o tempo (e às vezes o ganho de peso é maior do que anteriormente).

A principal vantagem da dieta baixa em carboidrato é que ela possibilita que você coma menos. É isso mesmo. Mesmo sem contar calorias, a maioria das pessoas com sobrepeso acaba consumindo muito menos calorias com uma dieta pobre em carboidratos. O açúcar e o amido podem aumentar a sua fome, evitando que o apetite reduza para um nível adequado. Desta forma, o baixo consumo de carboidratos faz com que a contagem de calorias seja desnecessária.

Uma dieta baixa em carboidratos, portanto, reduz sua fome e torna mais fácil a possibilidade de você comer menos, além de aumentar a sua queima de gordura enquanto você permanece em repouso. Estudos mostram que  dietas baixas em carboidratos são a melhor maneira de se alcançar o emagrecimento com sucesso, além de contribuir muito para a saúde.

Mulher fazendo dieta

Coma quando estiver com fome: ficar com fome é o erro mais comum de quem começa uma dieta pobre em carboidratos, bem como reduzir demais o consumo de gordura. Os carboidratos e a gordura são as principais fontes de energia do nosso corpo e, portanto, uma destas fontes é fundamental para que a gente possa viver com saúde.

Evitar ambos os carboidratos e gordura faz com que a gente sinta fome e fadiga. Mais cedo ou mais tarde você não aguentará e acabará deixando a dieta de lado. A solução é  comer mais alimentos que são fontes de gorduras naturais para que você se sinta satisfeito, como a manteiga, o creme de gordura integral, o azeite, carnes, peixes gordos, bacon, ovos e óleo de coco.

Coma sempre o suficiente para que você se sinta satisfeito, especialmente no início do processo de perda de peso. Fazer isso em uma dieta baixa em carboidratos significa que a gordura que você consome será queimada como combustível por seu corpo, além dos seus níveis de hormônio de armazenamento de gordura insulina reduzirem. Você vai se tornar uma máquina de queima de gorduras, além de eliminar o excesso de peso sem fome.

Você ainda tem medo de gordura saturada? O medo da gordura saturada surgiu a partir de teorias tidas como obsoletas, ou seja, provadas incorretas pela ciência moderna. A manteiga, por exemplo, é um bom alimento. No entanto, sinta-se livre para comer principalmente gordura insaturada como, por exemplo, azeite, abacate e peixes gordos, se preferir.

Comer quando está com fome também implica algo mais: se você não está com fome, provavelmente  não precisa comer ainda. Quando você está seguindo uma dieta pobre em carboidratos e gorduras, você pode confiar em seus sentimentos de fome e saciedade. Sinta-se livre para comer quantas vezes por dia você quiser.

Algumas pessoas comem três vezes ao dia e ocasionalmente um lanche entre elas. O lanche pode te beneficiar com a adição de gorduras à sua dieta, aumentando assim a saciedade. Há ainda aquelas pessoas que comem apenas uma ou duas vezes por dia, abdicando do lanche. O que funcionar melhor para você é o que importante, desde que você coma apenas quando sentir fome.

Coma alimentos saudáveis Outro erro comum ao se seguir uma dieta baixa em carboidratos é se deixar enganar pelo marketing criativo de produtos especiais “low carb”. Uma dieta eficaz para o emagrecimento saudável deve ser baseada em alimentos naturais, como carne, peixe, legumes, ovos, manteiga, azeite e nozes, por exemplo.

On a diet

Se você quer perder peso e emagrecer, você deve evitar o consumo de alimentos industrializados “low-carb”, já que a maioria destes está repleta de carboidratos.  Evitar o amplo consumo de farinha branca, biscoitos, sorvetes, pães, chocolates, bolos, refrigerantes e outros alimentos pobres em nutrientes e ricos em calorias e carboidratos é fundamental para o emagrecimento com sucesso. Concentre-se em comer alimentos naturais e minimamente processados. O ideal é que a sua dieta seja constituída em grande parte por alimentos naturais.

Acompanhe o seu progresso com sabedoria: acompanhar a sua perda de peso pode ser algo mais complicado do que você imagina. Concentrar-se apenas no peso e pisar na balança todos os dias pode ser algo enganoso e causar uma ansiedade desnecessária, além de diminuir a sua motivação sem nenhuma razão por trás.

A balança não é necessariamente sua amiga. Você pode querer perder gordura. mas a balança leva em consideração os músculos, os ossos e os órgãos internos também. Ganhar músculo é uma coisa boa e faz com que o seu peso aumente, por exemplo. Assim, pesar-se na balança ou medir o IMC são maneiras imperfeitas para você medir o seu progresso no emagrecimento. Algo natural que acontece com quem sai de uma dieta com contagem de calorias é que o seu corpo pode querer restaurar os músculos perdidos, tendo como consequência o ganho de peso, algo que pode fazer você se enganar a respeito da eliminação de gordura.

Perder gorduras e ganhar músculos significa um grande progresso, e focar apenas no seu peso pode ser um erro. Assim, é inteligente que você acompanhe o desaparecimento de sua gordura corporal, medindo sua circunferência da cintura.

Para medir a circunferência da cintura, você deve colocar a fita métrica em torno de sua barriga, ligeiramente acima do umbigo. Em seguida, você deve respirar e relaxar, certificando-se de que a fita métrica está confortavelmente “encaixada” em você, sem comprimir a sua pele, possibilitando que você tire a real medida.

É recomendável que você meça a circunferência da cintura e peso antes de iniciar sua jornada de perda de peso e, em seguida, comece a medir a circunferência da cintura uma vez por semana ou uma vez por mês. Escreva os resultados para que você possa acompanhar o seu progresso. Se você quiser, você pode medir mais áreas, como as nádegas, o peito, os braços e as pernas.

Note que o seu peso pode flutuar para cima e para baixo vários quilos de dia para dia, dependendo do equilíbrio de fluidos e conteúdo do seu estômago. Foque nas mudanças a longo prazo.

Você também pode acompanhar o seu emagrecimento verificando outros indicadores de saúde, como a pressão sanguínea, o nível de açúcar no sangue e o perfil do colesterol.

emagrecer

Seja persistente: o ganho de excesso de peso geralmente é algo que leva anos ou décadas para acontecer, e perder peso não teria como ser diferente. Tentar perder o máximo de gordura o mais rápido possível é a vontade de muitos, porém isso é algo muito difícil de se conseguir, motivo pelo qual a maioria das dietas faz com que ocorra o “efeito sanfona”. O sucesso do emagrecimento com saúde é a perseverança em seguir hábitos que são saudáveis para a sua mente e corpo.  

A perda de peso costuma ser rápida no início de quem escolhe uma dieta pobre em carboidratos, especialmente na primeira semana. Jovens do sexo masculino às vezes perdem peso mais rápido do que os demais. Mulheres pós-menopáusicas podem perder a um ritmo um pouco mais lento. Pessoas em uma dieta muito baixa loem carboidratos podem perder peso com mais facilidade, bem como indivíduos que praticam atividades físicas regularmente. Portanto, se você quer perder grande quantidade de gordura, é importante que seus hábitos alimentares e a prática de atividades físicas regularmente estejam em dia.

Atividade física

Emagrecimento Saudável e Definitivo
5 (100%) 1 voto


1 COMENTÁRIO

Comments are closed.