Abóbora

A abóbora é o fruto da Cucurbita spp, planta que pertence ao gênero Curcubita e membro da família Cucurbitaceae, que inclui ainda os melões, as melancias e o chuchu. A abóbora é cultivada no mundo inteiro e se destaca pelo seu sabor agradável e sua alta nutrição, sendo utilizada ainda em ornamentos. A fruta faz parte da lista de frutos mais pesados do mundo, e no ano de 2009 uma abóbora gigante, cujo peso era de 782,4 quilos, foi descoberta nos Estados Unidos, fato que chamou a atenção de todo o mundo e resultou na inclusão do alimento no livro dos recordes.

Dados Gerais

Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: cucurbitales
Família: Cucurbitaceae
Subfamília: Cucurbitaceae
Gênero: Cucurbita

Indícios apontam que a abóbora é originária do México e do sul dos Estados Unidos, sendo consumida pelos antigos povos Inca, Maia e Asteca. No Brasil, as abóboras já integravam parte da dieta dos indígenas antes mesmo da colonização do país. As principais espécies de abóbora no nosso país são a Cucurbita Pepo, a Cucurbita Moschata e a Cucurbita Máxima. Esses tipos são frutos da polinização cruzada, ou seja, as espécies da fruta incluem abóboras de diferentes cores, formas e texturas.

As características externas da abóbora se destacam pela forma achatada e arredondada, e as cores geralmente são laranja, apesar de algumas espécies apresentarem colorações amarelas, verdes, brancas e cinza. Já as cascas costumam ser lisas e espessas, apresentando certas nervuras. As sementes da fruta são lisas e pequenas. Crescem em regiões quentes, cujas temperaturas variam dos 20° aos 35° C. Para que as abóboras cresçam saudáveis, o solo deve ser bem drenado e profundo. Os maiores produtores do alimento são o México, os Estados Unidos, a Índia e a China.

A polpa da abóbora tem um sabor bastante agradável e doce, motivo que faz com que a fruta seja amplamente consumida e apreciada, servindo de ingrediente para diversas receitas como bolos, sucos, purês e sopas. As sementes da abóbora também são consumida, geralmente secas e salgadas, servindo como um nutritivo e gostoso petisco. A cabaça ainda é utilizada na decoração de pratos e na confecção de enfeites, destacando-se no Halloween americano. Na ocasião, as abóboras têm suas polpas retiradas e são esculpidas na forma de rosto, servindo de abrigo para velas, tornando-se luminárias customizadas.

Além de ser um alimento muito gostoso, a abóbora também é fonte de diversos nutrientes. Ela é rica em vitaminas A e do complexo B, além de fósforo e cálcio. Por ser um alimento pouco calórico, o seu consumo não é tão limitado como outros alimentos. Suas propriedades lhe garantem a fama de ser um remédio natural, contribuindo no combate às inflamações e infecções, como do fígado, renais e do baço. A abóbora também contribui no combate aos vermes e para a saúde do estômago, ainda sendo utilizada no combate à náusea. O alto teor de fibras do alimento ainda é responsável pelo melhor funcionamento da digestão.

Abóbora, além de ser uma comida deliciosa, é também uma fonte de vários nutrientes. É rico em vitamina A, vitaminas do complexo B, cálcio, fósforo e é uma fruta de baixa caloria. É considerada uma fruta com propriedades medicinais mostrado para combate inflamação do trato urinário, infecções renais, inflamação do fígado e baço, além de ser vermífuga, estomacal, anti-febre fígado e amplamente utilizado para combater a náusea. Para aqueles que enfrentam problemas de digestão, a abóbora é altamente recomendada porque tem um alto teor de fibras, que contribui para ajudar a digestão adequada.

Se é bastante difícil encontrar um alimento que não engorda e que une versatilidade e sabor agradável, a abóbora é uma exceção. 100 gramas da polpa cozida da fruta contém apenas cerca de 20 calorias, garantindo-lhe a fama de ser fonte de saúde. As propriedades naturais da abóbora, como as diversas vitaminas e minerais, ainda reduzem o risco de câncer, cataratas, derrames e até mesmo doença cardíaca. Já a água e as fibras do fruto contribuem para a redução da gordura e para o melhor funcionamento intestinal. As sementes da abóbora ainda são fonte de fósforo, ferro, zinco, magnésio e potássio. Por fim, a vitamina B3, também presente na fruta, ajuda na formação do colágeno, fortalecendo a pele.

Abóbora inteira
abóbora isolado

Composição da Abóbora

Conheça a seguir as partes que compõe a abóbora e seus respectivos benefícios à saúde:

Polpa da abóbora: amplamente utilizada na gastronomia em diversos países, esta parte confere um sabor especial aos pratos doces e salgados como compotas e sopas. Além disso, a polpa da abóbora combina muito com a carne seca. Ela ainda pode ser utilizada no preparo de panquecas e diversas massas.

Flor da abóbora: a flor de abóbora pode ser consumida tanto refogadas como empanadas e adicionam um sabor a diversos pratos, como a omelete.

Broto da abóbora: pode ser utilizado no preparo de ensopados e também servido como acompanhamento de diversos pratos preparados no forno.

Casca da abóbora: quando cozida, confere um sabor agradável tanto para o arroz, como para a carne e também a farinha de mandioca.

Sementes da abóbora: geralmente consumida torrada e salgada, é um nutritivo petisco e acompanhamento.

Sementes da Abóbora

Além de saborosas, as sementes da abóbora oferecem diversos benefícios. Confira-os a seguir:

1- Contribuem para o emagrecimento e o fortalecimento do sistema imunológico

As sementes da fruta integram a lista dos alimentos ricos em fibras. Portanto, elas contribuem para o funcionamento intestinal e para o emagrecimento. Elas também são fonte de vitaminas A, E e vitaminas do complexo B, e por serem fonte de zinco, contribuem para o fortalecimento do sistema imunológico. Já o potássio, também presente no alimento, ajuda no controle da pressão arterial.

2- Saciam e desempenham ação calmante

Por serem fonte de saúde, as sementes da abóbora integram o grupo de alimentos chamados de Prozac Natural, já que elas contém grandes quantidades de triptofano, um aminoácido que contribui para a melhora do humor. Um punhado de sementes de abóbora contém cerca de 150 mg de magnésio, que é famoso pelo seu poder de proteção ao sistema imunológico e de fortalecimento dos músculos.

3- Ajudam a dar energia para malhar

O mingau feito com as sementes de abóbora é um alimento rico em zinco e ferro. O ferro é uma grande fonte de energia que contribui para aqueles que praticam exercícios físicos. Além disso, o prato traz benefícios para a pele e para o sistema nervoso, já que apresenta grande dosagem de Ômega 3. O mingau de sementes de abóbora também combate problemas cardiovasculares e a deficiência imunológica.

4- Combatem os radicais livres

A abóbora é tida como um alimento funcional que nutre e contribui para o melhor funcionamento do nosso organismo. A presença de carotenoides garante ao alimento o efeito de combater os radicais livres, grandes causadores do envelhecimento precoce. Já as enzimas presentes na abóbora contribuem para a hidratação da pele.

Os Principais Tipos de Abóbora

Dentre as mais de 100 variedades existentes de abóbora, as principais são 8. Confira-os a seguir:

Japonesa: esta variedade é menos úmida e mais consistente, e sua polpa é bastante utilizada no preparo de diversos pratos salgados, como refogados e sopas.

Espaguete: quando cozida, a polpa desta variedade se separa da casca, formando longos fios parecidos com o espaguete. É utilizada no preparo de pratos salgados como massas, molhos e refogados com carne seca.

Italiana: também conhecida como abobrinha, esta abóbora é uma boa opção para ser refogada, grelhada e recheada.

Menina Brasileira: é a variedade mais popular, e também que apresenta o maior tamanho. Seu peso pode chegar a 15 quilos, e seu consumo pode ser feito tanto cru, como em saladas e também em forma ralada.

Paulista: parecida com a Menina Brasileira, só que com um tamanho menor, esta abóbora é ideal para o preparo de doces variados, refogados e sopas.

Moranga: a famosa abóbora do Halloween americano, a Moranga tem uma polpa bastante utilizada no preparo de sopas e refogados. Combina bastante com frango, camarão e carne seca.

Do campo: seu formato lembra uma pera, e seu sabor é adocicado. A polpa da Abóbora do Campo ainda é utilizado na confecção de pães, bolos e doces.

Brasileirinhas: esta variedade apresenta casca com colorações amarela e verde. É o tipo ideal para pratos refogados.

Tabela Nutricional da Abóbora

Tabela nutricional da abóbora

Tabela Nutricional da Abóbora
5 (100%) 1 voto