Ervilha

A ervilha é um vegetal cujas vagens fornecem os mais diversos tipos de grãos. Por esse motivo, na maioria das vezes usamos a palavra “ervilha” para nos referir às vagens e aos grãos, amplamente consumidos em pratos quentes e frios como saladas, risotos, tortas, sopas e cremes. A baixa quantidade de calorias da ervilha faz dela um alimento que não prejudica as dietas, e as suas diversas propriedades garantem benefícios para a saúde. Muitas vezes nós não sabemos quão importante um alimento é para a saúde e prevenção de doenças. Os benefícios da ervilha, ainda desconhecidos por um bom número de pessoas, podem ser grandes aliados da saúde e da boa forma.

Propriedades da Ervilha

Pela ervilha ser uma planta de cultivo fácil, além de ter um custo baixo, muitas pessoas cultivam o legume em suas próprias casas. A ervilha sobrevive em regiões de clima frio, mas dificilmente resistem às temperaturas muito altas. Por ser um alimento consumido há muito tempo, a sua presença nos pratos e receitas de diversos povos é garantida.
Além disso, a ervilha contribui para o equilíbrio do nível de colesterol, de sódio e de gordura. Uma xícara (chá) de grãos de ervilha contém cerca de 8,5 gramas de proteínas. Dentre os diversos benefícios da ervilha, destaca-se a ação antioxidante que o consumo do alimento confere, contribuindo tanto para a estética como para a nossa saúde.

Ervilha natural x ervilha em lata

Nos supermercados há diversas marcas e fabricantes que ofertam opções rápidas e fáceis do alimento para o consumidor. Talvez a versão mais popular ainda seja a ervilha enlatada que, apesar da praticidade, é cheia de conservantes, muitas vezes comprometendo os valores nutricionais do legume, já que eles garantem uma aparência mais bonita às ervilhas. A ervilha in natura, assim como a maioria dos alimentos, deve ter o seu consumo priorizado, pois a versão natural sempre possibilita um maior aproveitamento das propriedades dos grãos, evitando-se os malefícios que os conservantes causam à saúde. A versão in natura também é garantia de mais vitaminas, proteínas e minerais.

Benefícios da ervilha

O consumo de ervilha garante uma série de benefícios para a saúde e a estética, já que ela é carregada de propriedades. A seguir você confere a importância da ervilha para a alimentação.

1- Ajuda no controle de peso

Além de garantir efeitos antioxidantes, o consumo de ervilha não prejudica os resultados das dietas. Uma xícara (chá) de ervilha possui cerca de 100 calorias, além de um baixo índice glicêmico. A ervilha também contém nutrientes importantes para a saúde, como o Ômega-3, betacaroteno, diversos minerais e vitaminas do complexo B, C e E, além dela ser pobre em gorduras, o que é um ponto positivo para aqueles que querem emagrecer.

2- Contribui para a prevenção de doenças cardíacas

O consumo regular de ervilha ajuda na prevenção do desequilíbrio da pressão arterial e do funcionamento do coração, pois o alimento tem efeito anti-inflamatório e antioxidante, contribuindo no processo de eliminação das células mortas e beneficiando o fluxo do sangue.

Elementos presentes na ervilha como o Zinco, vitaminas do complexo B, ácido fólico e homocisteína ajudam na prevenção do estresse oxidativo e de diversas inflamações, garantindo assim paredes dos vasos sanguíneos mais saudáveis, o que reduz a probabilidade de doenças cardíacas virem a ocorrer.
A luteína, também presente na ervilha, também desempenha uma função significativa, uma vez que a porção de 3,6 de luteína encontrada na ervilha confere benefícios para a saúde do coração. Níveis de colesterol controlados garantem a prevenção das doenças cardíacas, e a niacina, outro elemento que integra a ervilha, auxilia no controle, levando à redução do teor de triglicerídeos e contribuindo para a redução do colesterol ruim (LD) e para o aumento do colesterol bom (HDL).

3- Proporciona saúde à visão

Outro benefício que o consumo de ervilha confere diz respeito à saúde dos olhos, isso graças à luteína, também presente no vegetal. A luteína contribui para a filtragem da luz que incide sobre os olhos, proporcionando proteção e evitando problemas para a região macular da retina. É recomendado o consumo médio diário de 10 mg de luteína, uma vez que o nosso corpo não possui a habilidade de produzi-la de forma natural. A perda de visão também pode ser evitada com a ervilha, desde que o alimento esteja aliado à uma dieta saudável e equilibrada que proporcione a manutenção da saúde da vista.

4 – Fortalece o sistema imunológico

A nossa saúde, assim como o nosso rendimento nas atividades físicas, são garantidos pelo bom sistema imunológico. A ervilha, consumida tanto cozida como crua, é fonte de grande quantidade de vitamina C. A vitamina C é excelente para a saúde do sistema imunológico, além de melhorar a absorção de ferro pelo nosso corpo. A vitamina K também contribui positivamente para o fortalecimento do nosso corpo.

5- Ajuda a melhorar o sistema nervoso

Dentre os benefícios obtidos dos minerais, presentes em grandes quantidade na ervilha, destaca-se o favorecimento que eles garantem ao sistema nervoso. Uma xícara (chá) de ervilha oferece cerca de 62 mg de magnésio, além do ferro, fósforo e zinco.

6- Contribui para a construção muscular

Por ser um grande alimento fornecedor de proteína, a ingestão de ervilha é ideal também para as pessoas que querem garantir uma melhor construção muscular. A proteína presente na ervilha é, inclusive, melhor do que as proteínas obtidas dos suplementos industrializados.

7- Fortalece os ossos

A ervilha também é fonte de cálcio, um mineral importante para a nossa saúde e que ajuda a fortalecer ossos, unhas e dentes. A vitamina K, amplamente presente na ervilha, ainda contribui para a indução do cálcio aos ossos. As vitaminas do complexo B do vegetal ainda fortalecem o efeito de prevenção contra a osteoporose.

8- Protege contra o câncer

O consumo regular de ervilha garante uma maior proteção contra o câncer, uma vez que o alimento contém fitonutrientes, responsáveis pelo benefício. A ervilha apresenta boas quantidades de polifenóis, que auxiliam na proteção do corpo. A porção diária recomendada de polifenóis é de 2 mg, e uma porção de ervilha é capaz de proporcionar 10 mg, um valor bastante superior à porção diária recomendada.

9- Desempenha uma função anti-envelhecimento

O uso de produtos estéticos que sirvam retardar os efeitos temporais, como cremes rejuvenescedores, pode ser diminuído com o aumento do consumo de ervilha, uma vez que, dentre os seus benefícios, destaca-se o seu poder de combate às inflamações e a sua contribuição para uma melhor coagulação sanguínea. Outros elementos presentes na ervilha que combatem a ação do tempo são a vitamina, C, a vitamina E, o Ômega-3, os ácidos fenólicos, o zinco, o alfa e o betacaroteno, os polifenóis e os flavonoides, dentre outros.

10- Contribui para a proteção contra Alzheimer

Assim como diversos outros alimentos, a ervilha sozinha não é capaz de nos prevenir das doenças, mas uma maior inclusão desse alimento à dieta é capaz de proporcionar uma vida mais saudável. A vitamina K, presente na ervilha, contribui para que diversas doenças, como a artrite e o Alzheimer, sejam evitadas. Consumir ervilha ainda ajuda o corpo a combater o agravamento de lesões neuronais, contribuindo assim para uma melhor saúde da memória.

11- Previne e auxilia no tratamento do Diabetes tipo 2

A alimentação dos portadores do Diabetes é bastante restrita, e isso muitas vezes dificulta as pessoas a descobrirem quais alimentos elas podem ou não incluir em suas dietas. A ervilha, porém, é um alimento cujo consumo é permitido e saudável para quem sofre de Diabetes, já que o grão possui um baixo índice glicêmico, além de ser uma rica fonte de proteínas e fibras. A ação anti-inflamatória e antioxidante da ervilha, proporcionada pelos seus componentes, contribui ainda para a resistência de insulina.

12- Contribui para o bom funcionamento do intestino

Os desconfortos estomacais, decorrentes do funcionamento intestinal irregular, são comuns entre muitas pessoas, inclusive entre aquelas que estão de dieta. Por ser uma importante fonte de fibras, a ervilha ajuda a combater o retardamento do processo digestório, contribuindo assim para a eliminação das toxinas e para a prevenção de possíveis problemas de saúde.

Tabela Nutricional da Ervilha

tabela_nutricional_ervilha_2

Tabela Nutricional da Ervilha
5 (100%) 1 voto